Como reduzir os índices de diarreia neonatal bovina, através do uso preventivo do medicamento homeopático, para evitar a queda no desempenho das bezerras

(Alek­san­dro S. da Sil­va, Ema­nu­el Binot­to Fer­rei­ra e Bru­no F. For­tu­o­so*)

Este estu­do foi publi­ca­do na ínte­gra na revis­ta Micro­bi­al Patho­ge­ne­sis, em 2018 (For­tu­o­so et al., 2018). Foi uti­li­za­do um total de 20 bezer­ras, divi­di­das em dois gru­pos com 10 ani­mais cada. Esses gru­pos foram for­ma­dos por ani­mais recém-nas­ci­dos (1 dia de vida). O gru­po tra­ta­do foi for­ma­do por ani­mais que rece­be­ram o pro­du­to home­o­pá­ti­co pela via oral, divi­di­da em duas doses (18 g) nos dias 1 e 7 de vida dos ani­mais. A pri­mei­ra dose foi admi­nis­tra­da nos ani­mais 20 minu­tos após inge­ri­rem o colos­tro. O gru­po Con­tro­le foi for­ma­do por bezer­ras que não rece­be­ram o pro­du­to home­o­pá­ti­co. Todos os ani­mais inge­ri­ram colos­tro de óti­ma qua­li­da­de, isto é, como níveis de 21% a 31% de acor­do com men­su­ra­ção fei­ta com uso de refratô­me­tro de Brix.

As bezer­ras uti­li­za­das nes­te estu­do fica­ram em baia indi­vi­du­al em gal­pão cober­to (Figu­ra 1), rece­ben­do a mes­ma ali­men­ta­ção à base de lei­te, assim como a par­tir do quin­to dia de vida come­ça­ram a rece­ber con­cen­tra­do e tive­ram livre aces­so à água. Esses ani­mais foram moni­to­ra­dos dia­ri­a­men­te para ava­li­ar a con­sis­tên­cia das fezes, com a fina­li­da­de de iden­ti­fi­car a pre­sen­ça de diar­reia pas­to­sa ou aquo­sa nos ani­mais.

As cole­tas das amos­tras de fezes foram rea­li­za­das nos dias 7 e 14 de vida dos ani­mais, sen­do uma par­te das fezes usa­da para con­ta­gem bac­te­ri­a­na total e de Esche­ri­chia coli, usan­do Petri­film espe­cí­fi­co, assim como outra par­te foi usa­da para exa­me para­si­to­ló­gi­co. Nos dias 1, 7 e 14 dias de vida dos ani­mais foi rea­li­za­da cole­ta de san­gue, sen­do men­su­ra­dos os níveis séri­cos de pro­teí­nas totais, glo­bu­li­na, albu­mi­na, glo­bu­li­na ureia, coles­te­rol, gli­co­se e tri­gli­ce­rí­de­os. Todos os dados pas­sa­ram por aná­li­se esta­tís­ti­ca (For­tu­o­so et al., 2018).


Leia a ínte­gra des­ta maté­ria na edi­ção Bal­de Bran­co 655 (julho/2019)

Rolar para cima