Sêmen: queda nas vendas internas e aumento das exportações - Balde Branco

A ven­da de sêmen de raças lei­tei­ras caiu 14,5% na com­pa­ra­ção de 2016 com 2015, mas o setor pre­vê rea­ção do mer­ca­do. Já as expor­ta­ções avan­ça­ram 36% no período

Por Romu­al­do Venâncio

As ven­das de sêmen de raças bovi­nas de lei­te che­ga­ram per­to de 3,7 milhões de doses no ano pas­sa­do, segun­do levan­ta­men­to da Asbia-Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Inse­mi­na­ção Arti­fi­ci­al. Esse núme­ro reve­la que­da de 14,5% em rela­ção a 2015, quan­do a comer­ci­a­li­za­ção pas­sou de 4,3 milhões de doses.

Ser­gio Saud, pre­si­den­te da enti­da­de, afir­ma que o resul­ta­do repre­sen­ta uma reto­ma­da no setor. A aná­li­se do diri­gen­te tem fun­da­men­to: “No pri­mei­ro semes­tre, está­va­mos com uma que­da de 27%”, afir­ma. Segun­do ele, os prin­ci­pais moti­vos des­sa situ­a­ção foram a ele­va­ção dos cus­tos da ati­vi­da­de e a que­da nos pre­ços pagos aos pro­du­to­res de leite.

Dian­te de tal cená­rio, mui­tos pre­fe­ri­ram tra­ba­lhar com o sêmen que ain­da tinham esto­ca­do em seus boti­jões e redu­zi­ram os inves­ti­men­tos. No segun­do semes­tre, os cus­tos ain­da esta­vam altos, mas a remu­ne­ra­ção dos pecu­a­ris­tas pas­sou a dar sinais de recuperação.

“No últi­mo tri­mes­tre, a situ­a­ção melho­rou bem, pois a redu­ção dos cus­tos per­sis­tiu e os pre­ços do lei­te rea­gi­ram. As ven­das foram mui­to boas para pra­ti­ca­men­te todas as empre­sas asso­ci­a­das da Asbia”, comen­ta Saud, que acres­cen­ta: “De algu­ma manei­ra, foi uma res­pos­ta positiva”.

O pre­si­den­te da Asbia faz ques­tão de res­sal­tar a rele­vân­cia da con­ti­nui­da­de no pro­ces­so de melho­ra­men­to do reba­nho. “É impor­tan­te sem­pre lem­brar que a gené­ti­ca está numa pon­ta da cadeia e qual­quer mudan­ça afe­ta os resul­ta­dos na outra”, obser­va. Ele refor­ça que a inter­rup­ção na sele­ção do cri­a­tó­rio terá impac­to nega­ti­vo daqui a dois ou três anos, como a que­da na qua­li­da­de do plan­tel, sobre­tu­do, das matri­zes, e de produtividade.

Leia a ínte­gra des­ta maté­ria na edi­ção Bal­de Bran­co 631, de maio 2017

Rolar para cima