Safra será de 238,7 milhões de t de grãos - Balde Branco

Esta é a esti­ma­ti­va da Conab-Com­pa­nhia Naci­o­nal de Abas­te­ci­men­to para a safra de grãos 2016/17, um cres­ci­men­to 52,1 milhões t 

Com­pa­ra­da com a safra de grãos 2015/16, o cres­ci­men­to da atu­al safra será 27,9% em rela­ção à safra 2015/16, ou seja, 52,1 milhões de t, com um total de 238.7 milhões de t graõs. A área plan­ta­da é de 60,9 milhões de ha, um cres­ci­men­to de 4,4% na com­pa­ra­ção com a safra 2015/16.

A pro­du­ção do milho pri­mei­ra safra é de 30,46 milhões de t, ou seja, um cres­ci­men­to de 18,3% em rela­ção à safra ante­ri­or. A colhei­ta do milho segun­da safra está em fina­li­za­ção, com esti­ma­ti­va de pro­du­ção total de 67,25 milhões de t. A safra de soja, grão mais pro­du­zi­do no país, che­gou a 114 milhões de t.

Hou­ve uma redu­ção de 9,5% na área seme­a­da do tri­go. Sua pro­du­ção deve che­gar a 5,19 milhões de t. No Para­ná, a colhei­ta teve iní­cio e está em tor­no de 2% da área. Já no Rio Gran­de do Sul, as lavou­ras estão em tran­si­ção da fase vege­ta­ti­va (60%) para a fase repro­du­ti­va (40%). Para o algo­dão, as con­di­ções cli­má­ti­cas pro­por­ci­o­nam uma boa safra para este ano. A colhei­ta está pró­xi­ma do tér­mi­no, com pro­du­ção de 1,53 milhões de t de plu­ma e 2,3 milhões de t de caro­ço. No caso do arroz, con­di­ções cli­má­ti­cas favo­rá­veis ao lon­go de todo o ciclo resul­ta­ram em 12,33 milhões de t de produção.

Rolar para cima