Proteção contra perdas e danos na propriedade leiteira - Balde Branco

A cada dia há inovações e incentivos para cobrir as perdas ou danos nas fazendas 

SEGURO RURAL

Proteção contra perdas e danos

na propriedade leiteira

Há diversos tipos de cobertura no mercado de seguro rural, o que faz com que cada vez mais produtores optem pela contratação. Especialistas falam sobre a importância dessa ferramenta de redução de prejuízos 

Erick Henrique

A ati­vi­da­de agro­pe­cuá­ria, mui­to pro­va­vel­men­te, é um dos seto­res econô­mi­cos com os mai­o­res níveis de incer­te­za quan­to aos seus resul­ta­dos. Isso ocor­re por cau­sa da ocor­rên­cia de even­tos adver­sos, natu­rais ou não, o que pode gerar con­si­de­rá­veis per­das na pro­du­ção, como que­bras de safra, mor­ta­li­da­de de ani­mais, incên­di­os, rou­bos e fur­tos de maqui­ná­ri­os e ins­ta­la­ções des­truí­das por tem­pes­ta­des, den­tre outras situ­a­ções. Visan­do mini­mi­zar as con­sequên­ci­as des­sas ocor­rên­ci­as, os pro­du­to­res estão se valen­do do segu­ro rural.

Em vide­o­con­fe­rên­cia recen­te­men­te rea­li­za­da pelo Minis­té­rio da Agri­cul­tu­ra, para apre­sen­tar os pro­du­tos dis­po­ní­veis para a pecuá­ria de lei­te e de cor­te, den­tro do pro­je­to Moni­tor do Segu­ro Rural, a pas­ta infor­mou que, em 2020, regis­trou 1.722 apó­li­ces con­tra­ta­das den­tro do Pro­gra­ma de Sub­ven­ção ao Prê­mio do Segu­ro Rural (PSR). Tra­ta-se de um pro­gra­ma desen­vol­vi­do e ope­ra­ci­o­na­li­za­do pelo Minis­té­rio da Agri­cul­tu­ra e que tem como obje­ti­vo sub­ven­ci­o­nar o prê­mio do segu­ro rural, ou seja, o valor pago pelo pro­du­tor na hora da con­tra­ta­ção. Em outras pala­vras, o gover­no paga dire­ta­men­te às segu­ra­do­ras uma par­te do valor cobra­do jun­to aos pro­du­to­res rurais, que, no caso da pecuá­ria (tan­to cor­te quan­to de lei­te), é de 40%.

Para continuar lendo, assine nossa revista

Rolar para cima