Perspectivas do mercado lácteo europeu - Balde Branco

Estu­do recen­te do USDA (Depar­ta­men­to de Agri­cul­tu­ra dos Esta­dos Uni­dos) sobre pro­du­ção de lei­te de algu­mas regiões da Euro­pa apon­ta para um iní­cio do declí­nio sazo­nal nas pró­xi­mas sema­nas em pro­du­ção e con­su­mo. “A ofer­ta de cre­me está aper­ta­da e os com­pra­do­res enfren­tam aumen­to cres­cen­te nos pre­ços. Os quei­jos, no mer­ca­do domés­ti­co, apre­sen­tam cota­ções fir­mes e os esto­ques anti­gos foram libe­ra­dos”, infor­ma o documento.

Cita tam­bém que as incer­te­zas em rela­ção ao futu­ro do comér­cio de lác­te­os com a Rús­sia devem con­ti­nu­ar. “A União Euro­peia estu­da a pror­ro­ga­ção ou não das san­ções impos­tas à Rús­sia após a ane­xa­ção da Cri­méia, em mar­ço de 2014”. Cita que os rus­sos estu­dam a possi¬blidade de pror­ro­gar até o final de 2017 o atu­al embar­go às impor­ta­ções da União Euro­peia, tema que deve­rá ser deci­di­do pelo pre­si­den­te da Rús­sia, Vla­di­mir Putin, nas pró­xi­mas semanas.

Rolar para cima