Pri­mei­ra enti­da­de de pecuá­ria a ado­tar um pro­ces­so de vota­ção onli­ne, a Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra dos Cri­a­do­res de Giro­lan­do rea­li­zou em 16/10 a elei­ção para a esco­lha da sua nova dire­to­ria. O pecu­a­ris­ta e enge­nhei­ro agrô­no­mo, Odi­lon de Rezen­de Bar­bo­sa Filho, foi elei­to com 230 votos. Asso­ci­a­dos em todo o Bra­sil pude­ram votar sem sair de casa. Das 8h às 18h ocor­reu a vota­ção onli­ne, tan­to pelo apli­ca­ti­vo Giro­lan­do quan­to pelo site Elei­ções Giro­lan­do. Alguns asso­ci­a­dos pre­fe­ri­ram com­pa­re­cer à sede, em Uberaba/MG, para votar, tam­bém onli­ne, pela esta­ção mon­ta­da no local. Pri­mei­ro a votar na sede, o pecu­a­ris­ta e pre­si­den­te da Asso­ci­a­ção dos Cri­a­do­res de Giro­lan­do Sem Fron­tei­ras, Pau­lo Jun­quei­ra, apro­vou o novo sis­te­ma de vota­ção. “Foi um pas­so impor­tan­te para tor­nar a par­ti­ci­pa­ção dos asso­ci­a­dos mais efe­ti­va em um momen­to tão deci­si­vo para a Giro­lan­do, como a elei­ção”, ates­ta. Segun­do ele, a atu­al dire­to­ria con­se­guiu rea­li­zar vári­as ino­va­ções para sele­ção da raça, den­tre elas o geno­ma, mes­mo em um momen­to econô­mi­co e polí­ti­co difí­cil para o país.

A vota­ção foi pres­ti­gi­a­da por vári­os ex-pre­si­den­tes da enti­da­de, den­tre eles Jôna­dan Ma. Conhe­ci­do por seu arro­jo à fren­te da asso­ci­a­ção entre os anos de 2014 e 2016, ele espe­ra que a nova dire­to­ria con­ti­nue desen­vol­ven­do pro­je­tos para garan­tir a expan­são da raça. “Será impor­tan­te for­ta­le­cer ain­da mais o Depar­ta­men­to Téc­ni­co para que a raça Giro­lan­do seja con­so­li­da­da em todas as suas bases, não só econô­mi­ca, mas tam­bém téc­ni­ca e zoo­téc­ni­ca, garan­tin­do de vez sua supre­ma­cia como raça lei­tei­ra tro­pi­cal mun­di­al”, diz Ma.

O ex-pre­si­den­te Mar­cos Ama­ral, que coman­dou a enti­da­de entre as ges­tões 2003/2005 e 2005/2007, tam­bém par­ti­ci­pou da vota­ção e está ani­ma­do com mais um desa­fio que assu­me à fren­te da asso­ci­a­ção. Na dire­to­ria elei­ta, ele assu­mi­rá o car­go de 1º Dire­tor-admi­nis­tra­ti­vo. “É mui­to gra­ti­fi­can­te ver que a raça evo­luiu mui­to nes­ses últi­mos anos. Ela não per­de mais para nenhu­ma outra. Será um orgu­lho vol­tar à dire­to­ria e con­ti­nu­ar con­tri­buin­do para o avan­ço da Giro­lan­do”, des­ta­ca Ama­ral.

Segun­do o atu­al pre­si­den­te, Luiz Car­los Rodri­gues, a asso­ci­a­ção inves­tiu mui­to nos últi­mos anos em tec­no­lo­gi­as para garan­tir a oti­mi­za­ção dos ser­vi­ços pres­ta­dos e foi pio­nei­ra na moder­ni­za­ção do pro­ces­so de vota­ção. “Além dos inves­ti­men­tos para infor­ma­ti­za­ção dos ser­vi­ços pres­ta­dos, tam­bém con­so­li­da­mos o geno­ma como uma fer­ra­men­ta de sele­ção da raça, o que aju­da­rá a dar um gran­de sal­to no melho­ra­men­to gené­ti­co do reba­nho de Giro­lan­do”, asse­gu­ra Rodri­gues. Para o pre­si­den­te elei­to Odi­lon de Rezen­de Bar­bo­sa Filho, coman­dar a mai­or enti­da­de de pecuá­ria lei­tei­ra do país é um desa­fio gran­de, mas ani­ma­dor. “Nos­so foco será prin­ci­pal­men­te na par­te téc­ni­ca, inves­tin­do na ampli­a­ção e moder­ni­za­ção do pro­gra­ma de melho­ra­men­to e na sele­ção genô­mi­ca. Tam­bém que­re­mos desen­vol­ver pro­je­tos vol­ta­dos para os peque­nos e médi­os pro­du­to­res, no intui­to de levar a eles mais tec­no­lo­gia e gené­ti­ca melho­ra­do­ra para seus reba­nhos”, decla­ra o pre­si­den­te elei­to.

Os demais mem­bros da dire­to­ria elei­ta são: Eugê­nio Deli­be­ra­to Filho (Vice-pre­si­den­te), Mar­cos Ama­ral Tei­xei­ra (1ºDi­re­tor-admi­nis­tra­ti­vo), Már­cio Luís Men­don­ça Alvim (2ºDi­re­tor-admi­nis­tra­ti­vo), José Antô­nio da Sil­va Cle­men­te (1º Dire­tor-Finan­cei­ro), Luiz Fer­nan­do Reis (2º Dire­tor-Finan­cei­ro), Domí­cio José Gre­gó­rio A. Sil­va (Dire­tor de Rela­ções Ins­ti­tu­ci­o­nais e Comer­ci­ais), José Rena­to Chi­a­ri (Dire­tor Téc­ni­co-Cien­tí­fi­co), Tati­a­ne Almei­da Drum­mond Tetz­ner (Dire­to­ra de Rela­ções Inter­na­ci­o­nais) e Auro­ra Trefz­ger Cina­to Real (Dire­to­ra de Fomen­to e Even­tos).

A pos­se será no dia 14 de feve­rei­ro de 2020, em Ube­ra­ba. A dire­to­ria elei­ta coman­da­rá a enti­da­de de 2020 a 2022.

Rolar para cima