Nutrição de qualidade e assistência técnica ajudam a manter alta produtividade - Balde Branco

A nutri­ção repre­sen­ta até 70% dos cus­tos do litro de lei­te. Ao mes­mo tem­po, é o item mais impor­tan­te para man­ter a alta produção

 
 
 

Preço do leite sobe menos que os custos. Nutrição de qualidade e assistência técnica ajudam a manter alta produtividade, aponta MCassb Nutrição e Saúde Animal

Os cus­tos de pro­du­ção do lei­te aumen­ta­ram 14% entre janei­ro e setem­bro de 2021, infor­ma o CEPEA/Esalq. No mes­mo perío­do, o pre­ço ao pro­du­tor avan­çou somen­te 6%. “Nes­se cená­rio, os pro­du­to­res de lei­te pre­ci­sam ajus­tar as des­pe­sas ao máxi­mo ao mes­mo tem­po em que não podem uti­li­zar insu­mos para ali­men­ta­ção de bai­xa qua­li­da­de para não com­pro­me­ter a pro­du­ti­vi­da­de”, res­sal­ta Ana­lí­cio José Men­des Jr., geren­te da uni­da­de de pecuá­ria da MCas­sab Nutri­ção e Saú­de Animal.

A nutri­ção repre­sen­ta até 70% dos cus­tos do litro de lei­te. Ao mes­mo tem­po, é o item mais impor­tan­te para man­ter a alta pro­du­ção. “Segun­do o CEPEA, o pre­ço do milho aumen­tou 12,3% nos pri­mei­ros nove meses de 2021, porém sal­tou 49% em um ano. O mes­mo acon­te­ceu com a soja, que subiu 13,9% este ano e 18,5% em 12 meses. Indis­cu­ti­vel­men­te, essa ele­va­ção de pre­ços dos insu­mos mais impor­tan­tes da ali­men­ta­ção das vacas lei­tei­ras exi­ge aten­ção redo­bra­da à ges­tão da pro­pri­e­da­de”, com­ple­men­ta Mendes.

Porém, aler­ta o geren­te da MCas­sab, os pro­du­to­res de lei­te não podem cair na ten­ta­ção de cor­tar ingre­di­en­tes essen­ci­ais, sob pena de redu­ção da cole­ta (pro­du­ção) diá­ria. “É nes­se momen­to que eles pre­ci­sam con­tar com for­ne­ce­do­res par­cei­ros, que têm equi­pes de cam­po à dis­po­si­ção para desen­vol­ver um pro­gra­ma nutri­ci­o­nal que os aju­dem a supe­rar esse momen­to de cus­tos elevados”.

A MCas­sab con­ta com equi­pe téc­ni­co-comer­ci­al espe­ci­a­li­za­da em todo o ter­ri­tó­rio naci­o­nal para ofe­re­cer o melhor aten­di­men­to pos­sí­vel aos seus cli­en­tes. E ofe­re­ce a linha +MILK, for­mu­la­da com mine­rais orgâ­ni­cos, com­pos­ta por solu­ções nutri­ci­o­nais de alta tec­no­lo­gia para vacas lei­tei­ras em todo o seu ciclo de vida, pro­por­ci­o­nan­do mai­or desem­pe­nho pro­du­ti­vo, ren­ta­bi­li­da­de e manu­ten­ção da saú­de dos rebanhos.

“Nos­so papel é estar sem­pre ao lado dos pro­du­to­res, ofe­re­cen­do a melhor assis­tên­cia téc­ni­ca pos­sí­vel, para aju­dá-los a redu­zir cus­tos (oti­mi­zar inves­ti­men­to) e pro­por­ci­o­nar alta pro­du­ti­vi­da­de, o que é extre­ma­men­te impor­tan­te em um momen­to como o atu­al, em que os grãos estão caros”, assi­na­la Mendes.

Fon­te: MCassab

Rolar para cima