Nova diretoria da ABMRA assume a gestão para o biênio 2022/2023 - Balde Branco

A nova dire­to­ria da ABM­RA assu­me a ges­tão ten­do com um dos prin­ci­pais obje­ti­vos, aju­dar os elos da cadeia pro­du­ti­va do Agro a se comu­ni­ca­rem melhor

Nova diretoria da ABMRA assume a gestão para o biênio 2022/2023

A Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Mar­ke­ting Rural e Agro­ne­gó­cio (ABM­RA) ele­geu sua nova dire­to­ria para o biê­nio 2022/2023. Ricar­do Nico­de­mos, até então vice-pre­si­den­te exe­cu­ti­vo, assu­me a pre­si­dên­cia, subs­ti­tuin­do Jor­ge Espa­nha. Júlio Carg­ni­no assu­me como vice-presidente.

 
 Ricar­do Nico­de­mos tem for­ma­ção e espe­ci­a­li­za­ção em pla­ne­ja­men­to estra­té­gi­co e expe­ri­ên­cia como pro­fis­si­o­nal de mar­ke­ting e comu­ni­ca­ção. Tam­bém é dire­tor de pla­ne­ja­men­to da RV Mon­del Comu­ni­ca­ção e Con­se­lhei­ro do MarkEsalq-USP.
 
Na ABM­RA, foi líder e coor­de­na­dor da Pes­qui­sa ABM­RA Hábi­tos do Pro­du­tor Rural e já foi coor­de­na­dor de Comi­tês de Asso­ci­a­dos (entre 2010 e 2013), Dire­tor Admi­nis­tra­ti­vo Finan­cei­ro (entre 2014 e 2015) e ocu­pou a Vice-Pre­si­dên­cia Exe­cu­ti­va da enti­da­de nas três últi­mas ges­tões (entre 2016 e 2021).
 
“Nes­ta ges­tão, ser­vi­re­mos aos nos­sos asso­ci­a­dos, aju­dan­do-os com infor­ma­ções e com­par­ti­lhan­do conhe­ci­men­to para que pos­sam apli­car as boas prá­ti­cas do mar­ke­ting e da comu­ni­ca­ção em seu dia a dia e para que pos­sam cons­truir estra­té­gi­as efi­ca­zes. Mas tam­bém esta­mos colo­can­do toda a expe­ri­ên­cia de um gru­po de dire­to­res for­ma­do por expe­ri­en­tes exe­cu­ti­vos de mar­ke­ting e comu­ni­ca­ção à ser­vi­ço do setor, para aju­dar­mos os elos da cadeia do Agro a se comu­ni­ca­rem melhor”, expli­ca Nicodemos.
 
A ABM­RA dará mui­ta aten­ção aos seus asso­ci­a­dos. Para isso, estão sen­do cri­a­dos diver­sos pro­je­tos espe­ci­ais e rea­ti­va­dos, os Comi­tês de Pro­du­tos & Ser­vi­ços, Agên­ci­as e Veí­cu­los de Comunicação. 
 
Essa nova ges­tão tam­bém come­mo­ra os 43 anos de his­tó­ri­as vito­ri­o­sas da Asso­ci­a­ção. Doly Ribei­ro, um dos fun­da­do­res e pri­mei­ro pre­si­den­te da enti­da­de, lem­bra que “Tudo come­çou como um clu­bi­nho, com o úni­co pro­pó­si­to de tro­car idei­as entre os exe­cu­ti­vos de mar­ke­ting das empresas”.
 
Tejon, outro fun­da­dor e pre­si­den­te da Enti­da­de entre 1984 e1985, lem­bra que, no iní­cio do sécu­lo 21, acres­cen­ta­ram a letra “A” para incor­po­rar o con­cei­to de cadeia pro­du­ti­va e res­sal­ta que “Já faze­mos um óti­mo tra­ba­lho no mar­ke­ting para o antes da por­tei­ra e o para den­tro da por­tei­ra, mas care­ce­mos gigan­tes­ca­men­te de uma estra­té­gia de mar­ke­ting, da coor­de­na­ção das cadei­as pro­du­ti­vas, des­de os con­su­mi­do­res finais até os pro­du­to­res e, além deles, a ciên­cia, a gené­ti­ca e a tecnologia.”
 
Esse desa­fio pro­pos­to por Tejon é, na ver­da­de, um dos focos da nova ges­tão da ABM­RA, que se pro­põe a unir for­ças com outras enti­da­des em prol do setor, como é o caso da Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra do Agro­ne­gó­cio (ABAG). Para Caio Car­va­lho, pre­si­den­te da ABAG, o obje­ti­vo efe­ti­va­men­te é aju­dar o Agro: “É fazer com que essa for­ça naci­o­nal pos­sa seguir cada vez mais em evo­lu­ção. Para isso, é fun­da­men­tal tra­ba­lhar­mos jun­tos, é o con­vi­te que o Ricar­do me fez, e nós esta­re­mos jun­tos, sim, apoi­an­do o Agro na sua evolução.”
 
Edu­ar­do Daher, outro fun­da­dor e ex-pre­si­den­te da ABM­RA, tam­bém tem impor­tan­te par­ti­ci­pa­ção na his­tó­ria da enti­da­de. “Par­ti­ci­pei da fun­da­ção, jun­to com ami­gos. Na épo­ca era ape­nas a Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra do Mar­ke­ting Rural. Esse ‘A’, de agro­ne­gó­cio, veio pas­sa­dos 15 anos da nos­sa fun­da­ção. Eu que­ria agra­de­cer o con­vi­te e por poder estar aqui mais uma vez acom­pa­nhan­do os tra­ba­lhos, pes­qui­sas, reu­niões que a nos­sa ABM­RA tem desen­vol­vi­do, e dese­jar, espe­ci­al­men­te, um for­te abra­ço e um suces­so mui­to gran­de para essa nova dire­to­ria que toma posse”. 
 
“Em um momen­to em que a comu­ni­ca­ção se faz tão impor­tan­te no for­ta­le­ci­men­to da ima­gem do Agro, a ABM­RA se faz pre­sen­te, ofe­re­cen­do ser­vi­ços e aju­dan­do a cons­truir uma nar­ra­ti­va que posi­ci­o­ne o setor como deve ser”, des­ta­ca Ricar­do Nicodemos.
 
A dire­to­ria da ABM­RA para o biê­nio 2022/2023 é com­pos­ta pelo pre­si­den­te, o vice-pre­si­den­te e 10 dire­to­res. Segue a com­po­si­ção completa:
 
Pre­si­den­te: Ricar­do Nico­de­mos (Dire­tor de Pla­ne­ja­men­to da RV Mondal)
Vice pre­si­den­te: Júlio Carg­ni­no (Pre­si­den­te do Canal Rural)
Dire­tor admi­nis­tra­ti­vo-finan­cei­ro: Rober­to Sou­za (Dire­tor Finan­cei­ro da IHS Markit)
Dire­to­ra: Lili­a­ne Bor­to­lu­ci (Dire­to­ra da Infor­ma Markets)
Dire­tor: Alber­to Meneghet­ti (CEO da Neodigital)
Dire­tor: Nicho­las Vital (Res­pon­sá­vel pela Comu­ni­ca­ção do Sindan)
Dire­tor: Clau­dio Cor­rea (Dire­tor de Negó­ci­os da Rede Globo)
Dire­tor: Wan­der­son Tos­ta (Dire­tor de Mar­ke­ting da Jacto)
Dire­to­ra: Fer­nan­da Ibañez (Dire­to­ra na For­ma­to IB)
Dire­tor: Dani­el de Pau­li (Sócio-dire­tor da Fin­co Publicidade)
Dire­tor: Dani­e­la Fer­re­ro­ni (Ser­vi­ços de Mar­ke­ting — Solu­ções para Agri­cul­tu­ra da BASF)
Dire­tor: Antô­nio Cou­ti­nho (Geren­te de pro­du­tos da Veto­qui­nol Saú­de Animal). 
       
Assis­ta a cerimô­nia de pos­se e conhe­ça os pro­je­tos da ABMRA