No Carbon: Um leite com sabor de futuro - Balde Branco

São muitos os detalhes para enquadrar o sistema de produção leiteira no selo Carbon Free

SUSTENTABILIDADE

No Carbon

Um leite com sabor de futuro

Seguindo as normas do leite “No Carbon”, a Guaraci Agropastoril firmou parceria com a Fazenda da Toca para produzir diversos alimentos que atendem às normas da agropecuária orgânica, do bem-estar animal e com baixo carbono 

João Antônio dos Santos

O lei­te No Car­bon, lan­ça­do recen­te­men­te pela Gua­ra­ci Agro­pas­to­ril, é pio­nei­ro no mer­ca­do bra­si­lei­ro – e tam­bém um dos pri­mei­ros no mun­do. Mais do que uma novi­da­de, ele repre­sen­ta o coro­a­men­to de um tra­ba­lho cri­te­ri­o­so de pro­du­ção, que osten­ta as três prin­ci­pais cer­ti­fi­ca­ções para este tipo pro­du­to, expe­di­das pelas mais res­pei­ta­das ins­ti­tui­ções que atu­am na área: Car­bon Free, selo da ONG Ini­ci­a­ti­va Ver­de; bem-estar ani­mal, cer­ti­fi­ca­do pelo Ins­ti­tu­to Cer­ti­fi­ed Huma­ne Bra­sil, e a de selo de pro­du­ção orgâ­ni­ca pelo IBD. Por enquan­to, o pro­du­to, nas ver­sões inte­gral e des­na­ta­do, está sen­do comer­ci­a­li­za­do no mer­ca­do de algu­mas pra­ças pau­lis­tas, como São Car­los e São Pau­lo, e, logo mais, em outras como Cam­pi­nas, Jun­di­aí e Ribei­rão Preto.

Para continuar lendo, assine nossa revista

Rolar para cima