Morre Big FIV, da bateria Gir Leiteiro da CRV Lagoa

Morre Big FIV, da bateria Gir Leiteiro da CRV Lagoa

Gran­de per­da para a pecuá­ria lei­tei­ra, mor­reu no dia 30 de maio o tou­ro Big FIV, da bate­ria Gir Lei­tei­ro da CRV Lagoa.

Big FIV era filho da vaca Juli­a­na, doa­do­ra de des­ta­que que pos­sui um dos mai­o­res valo­res gené­ti­cos da Cal­ci­o­lân­dia, em pai Mode­lo, íco­ne da Fazen­da Brasília.

Pro­va­do com 389 kg de PTA para pro­du­ção de lei­te, o repro­du­tor impri­me con­for­ma­ção lei­tei­ra e exce­len­te sis­te­ma mamá­rio em suas filhas.

Des­ta­que abso­lu­to em Gene­a­lo­gia e Fenó­ti­po, Big FIV era homo­zi­go­to BB para Beta-lac­to­glo­bu­li­na, com filhas em mais de 18 reba­nhos con­tro­la­dos pela Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra dos Cri­a­do­res de Gir Lei­tei­ro (ABC­GIL).

Em sua vida pro­du­ti­va, comer­ci­a­li­zou mais de 30 mil doses, sen­do mui­to uti­li­za­do em reba­nhos de Giro­lan­do na pro­du­ção de ani­mas mes­ti­ços com holandês.

Fon­te: Asses­so­ria de Comu­ni­ca­ção da CRV Lagoa

Rolar para cima