Troféu Agroleite abre votação para escolha dos melhores da cadeia leiteira - Balde Branco

Trei­na­men­tos darão supor­te à equi­pe de cam­po, fun­da­men­tal no avan­ço da empre­sa na Amé­ri­ca Latina

Lely capacita técnicos do Brasil, Chile e Argentina em automação na pecuária de leite 

A Lely, empre­sa refe­rên­cia no mun­do em solu­ções em auto­ma­ção para a ati­vi­da­de lei­tei­ra, pro­mo­veu trei­na­men­tos para pro­fis­si­o­nais bra­si­lei­ros, chi­le­nos e argen­ti­nos da sua equi­pe de cam­po. Na oca­sião, os focos foram o robô de orde­nha Astro­naut A5 e o apro­xi­ma­dor de ali­men­to, Juno (basic/flex), ambos pro­du­tos lar­ga­men­te uti­li­za­dos na Amé­ri­ca Latina.

De acor­do com o Clus­ter Mana­ger Latin Ame­ri­ca, Edi­son Acher­man, as ações de capa­ci­ta­ção são fun­da­men­tais para que a empre­sa tenha um time ali­nha­do e alta­men­te capa­ci­ta­do para aten­der os pro­du­to­res. “Refle­xos des­sa dire­triz da Lely são os resul­ta­dos que temos obti­do ao lon­go des­ses anos no Bra­sil. Em 2021, por exem­plo, cres­ce­mos 18% aci­ma do que esta­va pro­je­ta­do, um cres­ci­men­to de 45% na com­pa­ra­ção com 2020, tan­to em fatu­ra­men­to, como na quan­ti­da­de de equi­pa­men­tos ven­di­dos”, destacou.

Acher­man expli­ca que a ado­ção da robó­ti­ca está em desen­vol­vi­men­to rápi­do, pois além de melho­rar a lucra­ti­vi­da­de da pro­du­ção de lei­te, melho­ra a sua qua­li­da­de, bem como de todos os envol­vi­dos no pro­ces­so. “A robó­ti­ca é uma rea­li­da­de para qual­quer pro­du­tor com 60 ou mais vacas e não uma fan­ta­sia do futu­ro. A ado­ção na Amé­ri­ca Lati­na tem cres­ci­do mui­to rapi­da­men­te nos últi­mos 4 anos e acre­di­ta­mos que con­ti­nu­a­rá com esta ten­dên­cia nos pró­xi­mos anos”, destacou.

Fon­te: Lely