Lanagro como referência mundial - Balde Branco

O Mapa-Minis­té­rio da Agri­cul­tu­ra, Pecuá­ria e Abas­te­ci­men­to quer tor­nar refe­rên­cia mun­di­al em aná­li­ses o Lana­gro-Rede de Labo­ra­tó­ri­os Naci­o­nais Agro­pe­cuá­ri­os e as mais de 400 uni­da­des cre­den­ci­a­das públi­cas e pri­va­das. Para isso, come­çou um pro­je­to para ali­nhar a estra­té­gia da rede e for­ta­le­cer a cre­di­bi­li­da­de dos pro­du­tos agro­pe­cuá­ri­os bra­si­lei­ros nos mer­ca­dos naci­o­nal e internacional.

De acor­do com a Coor­de­na­ção-Geral de Apoio Labo­ra­to­ri­al (CGAL), o tra­ba­lho per­mi­ti­rá a inte­gra­ção da Rede Lana­gro, a efi­cá­cia da uti­li­za­ção dos recur­sos públi­cos e pres­ta­ção de um ser­vi­ço de exce­lên­cia para o País e seus par­cei­ros comerciais.

“O Bra­sil é um player impor­tan­te no mer­ca­do de pro¬dutos agro­pe­cuá­ri­os. Temos capa­ci­da­de para ofe­re­cer aná­li­ses labo­ra­to­ri­ais ain­da mais pre­ci­sas e mos­trar que os pro¬dutos daqui são segu­ros para o con­su­mo”, des­ta­ca a dire­tor da CGAL, Rodri­go Nazareno.

A Rede Lana­gro tem labo­ra­tó­ri­os agro­pe­cuá­ri­os em seis esta­dos: Rio Gran­de do Sul, São Pau­lo, Minas Gerais, Goiás, Per­nam­bu­co e Pará. A prin­ci­pal atri­bui­ção da rede é o moni­to­ra­men­to labo­ra­to­ri­al da saú­de dos reba­nhos e plan­ta­ções e o con­tro­le e fis­ca­li­za­ção de ali­men­tos, bebi­das e insu­mos pro­du­zi­dos e comer­ci­a­li­za­dos no Brasil.

Rolar para cima