Lambari, no Sul de Minas, prepara-se para a II Forlac - Balde Branco

Even­to acon­te­ce entre 3 e 5 de maio e deve­rá reu­nir mais de 190 mar­cas – o tri­plo em rela­ção à edi­ção anterior

Lambari, no Sul de Minas Gerais, prepara-se para a II Forlac 

Da reda­ção

A II FOR­LAC, na cida­de de Lam­ba­ri (MG), reu­ni­rá gran­des empre­sas da cadeia dos for­ne­ce­do­res da indús­tria de lác­te­os. E, tam­bém, pro­fis­si­o­nais liga­dos a lati­cí­ni­os. Den­tre eles, pre­si­den­tes e dire­to­res, enge­nhei­ros de ali­men­tos e de pro­je­tos; espe­ci­a­lis­tas em P&D, pro­du­to­res rurais, quei­jei­ros, geren­tes, super­vi­so­res indus­tri­ais e de pro­du­ção. Cre­den­ci­a­men­to aber­to no site www.forlac.net.br

“Even­to mar­ca a reto­ma­da das fei­ras pre­sen­ci­ais e vai apre­sen­tar o que há de mais ino­va­dor e tec­no­ló­gi­co, na ele­va­ção da qua­li­da­de e pro­du­ti­vi­da­de, com gran­de vari­e­da­de de solu­ções e trans­mis­são de conhe­ci­men­to para os lati­cí­ni­os”, pre­vê José Rober­to Sevi­e­ri, CEO da Pro­ma Fei­ras, que com­par­ti­lha a pro­mo­ção e orga­ni­za­ção da II For­lac com a Rofer e a Enterprise.

Expo­si­ção de pro­du­tos e rea­li­za­ção de negó­ci­os defi­nem a iden­ti­da­de e voca­ção da For­lac. A dire­to­ra da fei­ra, Maria Anto­nia S. Fer­rei­ra, não escon­de o oti­mis­mo quan­to ao suces­so do even­to. “Já está con­fir­ma­da a pre­sen­ça de núme­ro sur­pre­en­den­te de for­ne­ce­do­res, com­pra­do­res e lide­ran­ças do setor. Ino­va­ção, tec­no­lo­gia e opor­tu­ni­da­de de par­ce­ri­as estão entre os atra­ti­vos da II For­lac”, pon­tua Maria Antônia.

Pro­gra­ma­ção den­sa de even­tos para­le­los traz temas os mais rele­van­tes da indús­tria de lác­te­os. Den­tre eles, destacam-se:

Roda­da de Negó­ci­os, dia 3 de maio, com gran­des, médi­os e peque­nos lati­cí­ni­os. Sob a coor­de­na­ção do Sebrae-MG, é uma pla­ta­for­ma de negó­ci­os que apro­xi­ma os con­ta­tos entre expo­si­to­res e o setor de lác­te­os. Com­pras pode che­gar a US$ 100 milhões, duran­te o evento.

O Ino­va­lác­te­os fará apre­sen­ta­ção con­sis­ten­te e atu­a­li­za­da do agro­ne­gó­cio do lei­te no mer­ca­do naci­o­nal e inter­na­ci­o­nal. Coor­de­na­ção é da Agên­cia de Ino­va­ção Polo do Lei­te e pre­sen­ça de pales­tran­tes reconhecidos.

A For­lac Show, por sua vez, vai ofe­re­cer, aos visi­tan­tes, mais de 15 pales­tras téc­ni­cas. Vão abor­dar temas espe­cí­fi­cos no enfren­ta­men­to dos desa­fi­os do setor, na pers­pec­ti­va do pre­sen­te e do futu­ro da indús­tria de lácteos.

Semi­ná­rio – Quei­jo Arte­sa­nal – ‘Ten­dên­ci­as para o Pro­du­tor de Quei­jo Arte­sa­nal’ é tema do semi­ná­rio mar­ca­do para o dia 4 de maio, das 14h30 às 18h00, no audi­tó­rio ‘Annun­ci­a­to de Bia­so’. Da pro­du­ção à comer­ci­a­li­za­ção, vai abor­dar regu­la­ri­za­ção de quei­ja­ri­as pro­du­to­ras dos quei­jos da Man­ti­quei­ra e Ala­goa; boas prá­ti­cas de fabri­ca­ção de quei­jo arte­sa­nal; as mídi­as digi­tais como fer­ra­men­ta de ven­da e expo­si­ção da mar­ca; como deter­mi­nar a pre­ci­fi­ca­ção do quei­jo são recor­tes que inte­gram os con­teú­dos programados.