Lactalis amplia exportações e abre mercado para lácteos do Brasil - Balde Branco

Lactalis amplia exportações e abre mercado para lácteos do Brasil 

A Lac­ta­lis do Bra­sil, empre­sa res­pon­sá­vel pela pro­du­ção das mar­cas Ele­gê, Par­ma­lat e Pré­si­dent, encer­rou o ano de 2020 com pro­je­ção de ele­var em 167% o volu­me de pro­du­tos expor­ta­dos em rela­ção a 2019. Ao lon­go do ano pas­sa­do, mes­mo com as difi­cul­da­des logís­ti­cas impos­tas pela pan­de­mia a todos os seto­res indus­tri­ais, a Lac­ta­lis con­se­guiu agre­gar em seu port­fó­lio qua­tro novos paí­ses com­pra­do­res para pro­du­tos do Bra­sil. Para­guai, Argen­ti­na, Colôm­bia e Peru são os mais recen­tes cli­en­tes, além de Uru­guai e Chi­le, que já impor­ta­vam em 2019. Em bre­ve, a Repú­bli­ca Domi­ni­ca­na tam­bém deve entrar para essa lis­ta. A pre­vi­são da empre­sa era de encer­rar o ano com um volu­me de 3.431 tone­la­das embar­ca­das, con­tra 1.284 tone­la­das regis­tra­das em 2019, o que se con­fir­mou.

O mer­ca­do exter­no para a Lac­ta­lis deu um sal­to impor­tan­te tam­bém em famí­li­as de pro­du­tos envi­a­dos para fora do Bra­sil. Em 2019, figu­ra­vam nes­ta lis­ta ape­nas qua­tro pro­du­tos — lei­te UHT em gar­ra­fa, lei­te aro­ma­ti­za­do, lei­te con­den­sa­do e cre­me de lei­te. A par­tir de 2020, o port­fó­lio vol­ta­do para as expor­ta­ções expan­diu para 10 itens, incluin­do man­tei­gas (table­te e pote), quei­jos (mus­sa­re­la, pra­to e gou­da), requei­jão e latas de lei­te con­den­sa­do. “A famí­lia para expor­ta­ção cres­ceu, assim como o núme­ro de paí­ses com­pra­do­res e o volu­me médio embar­ca­do por mês. Sal­ta­mos de 107 toneladas/mês no iní­cio do ano para 286 toneladas/mês”, des­ta­cou o dire­tor de Comu­ni­ca­ção Exter­na da Lac­ta­lis do Bra­sil, Gui­lher­me Por­tel­la.

De acor­do com o exe­cu­ti­vo, novas pers­pec­ti­vas se abrem para os pro­du­tos lác­te­os do Bra­sil, itens que vêm ganhan­do mer­ca­do por sua qua­li­da­de e dife­ren­ci­ais com­pe­ti­ti­vos. “Os desa­fi­os para 2021 são ambi­ci­o­sos. A Lac­ta­lis pre­ten­de inten­si­fi­car o flu­xo de expor­ta­ção, avan­çan­do e abrin­do novos mer­ca­dos para os lác­te­os do Bra­sil de for­ma a valo­ri­zar a pro­du­ção local”, infor­mou Portella.

Fon­te: Agên­cia de Comu­ni­ca­ção da Lactalis

Rolar para cima