Fenasul terá Pub do Queijo - Balde Branco

O espa­ço ofer­ta­rá dife­ren­tes tipos de quei­jos gaú­chos, além de apre­sen­tar pra­tos fei­tos a par­tir do uso de lácteos

Por Caro­li­ne Jardine

A Fena­sul 2017, a ser rea­li­za­da de 25 a 28 de maio, ofe­re­ce­rá uma nova atra­ção ao públi­co que for ao Par­que de Expo­si­ções Assis Bra­sil, em Esteio-RS. É o Pub do Quei­jo, uma ini­ci­a­ti­va do Sin­di­lat-Sin­di­ca­to da Indús­tria de Lati­cí­ni­os do RS. A novi­da­de foi lan­ça­da no últi­mo dia 8 de maio, no Palá­cio Pira­ti­ni, com a pre­sen­ça do gover­na­dor José Ivo Sar­to­ri e dos secre­tá­ri­os Erna­ni Polo (Agri­cul­tu­ra), Fábio Bran­co (Casa Civil) e Tar­cí­sio Minet­to (Desen­vol­vi­men­to Rural). O lan­ça­men­to da Fena­sul ain­da con­tou com o pre­si­den­te do Sin­di­lat, Ale­xan­dre Guer­ra, do secre­tá­rio-exe­cu­ti­vo do sin­di­ca­to, Dar­lan Palha­ri­ni, entre outros.

O Pub do Quei­jo ofer­ta­rá os mais dife­ren­tes tipos de quei­jos pro­du­zi­dos pelas indús­tri­as gaú­chas. Para com­ple­tar o menu, os visi­tan­tes pode­rão sabo­re­ar pra­tos à base de lác­te­os ela­bo­ra­dos pelo chef Joa­quim Aita. O obje­ti­vo do pro­je­to, expli­ca Guer­ra, é apre­sen­tar ao públi­co toda a diver­si­da­de da pro­du­ção. “Temos pro­du­tos de sabor dife­ren­ci­a­do e com poten­ci­a­li­da­des nutri­ci­o­nais e fun­ci­o­nais que mui­tas pes­so­as sequer ima­gi­nam que exis­te”, res­sal­tou. Os quei­jos ofer­ta­dos serão har­mo­ni­za­dos com dife­ren­tes bebi­das de for­ma a poten­ci­a­li­zar seu sabor. O tic­ket para ingres­so no Pub do Quei­jo dá direi­to à degus­ta­ção livre de quei­jos, embu­ti­dos e pra­tos quentes.

Duran­te o lan­ça­men­to da Fena­sul nes­ta manhã, Polo des­ta­cou a nova con­fi­gu­ra­ção da fei­ra, que cha­ma diver­sas enti­da­des para a orga­ni­za­ção de for­ma efe­ti­va. “Pro­cu­ra­mos o envol­vi­men­to delas para, além de conhe­cer ain­da mais os bene­fí­ci­os do lei­te, tam­bém valo­ri­zar os seus deri­va­dos”, afir­mou, lem­bran­do que a cita­da ação é uma ino­va­ção e uma ten­ta­ti­va de con­so­li­dar a pro­mo­ção da qua­li­da­de dos deri­va­dos lác­te­os pro­du­zi­dos no Esta­do. O gover­na­dor Sar­to­ri fez refe­rên­cia ao papel do lei­te na for­ma­ção da ren­da dos pro­du­to­res rurais como uma espé­cie de “salá­rio men­sal”. E ain­da des­ta­cou o empe­nho do setor em desen­vol­ver o Esta­do e a qua­li­da­de da produção.

“O lei­te de mai­or qua­li­da­de que está sen­do pro­du­zi­do no Bra­sil é do Rio Gran­de do Sul”, res­sal­tou. Segun­do ele, ape­sar da difi­cul­da­de por que pas­sa o Esta­doS, a Fena­sul é sím­bo­lo da união do poder públi­co e da ini­ci­a­ti­va pri­va­da para levar a expo­si­ção a um novo pata­mar. “É um even­to que mos­tra o Rio Gran­de que dá cer­to”, con­cluiu. Ao final do lan­ça­men­to, os repre­sen­tan­tes fize­ram o tra­di­ci­o­nal brin­de do lei­te no jar­dim do Palá­cio Pira­ti­ni, no Cen­tro His­tó­ri­co de Por­to Alegre.

Rolar para cima