Even­to que mar­cou 41 anos da empre­sa foi come­mo­ra­do com apre­sen­ta­ção de novas tec­no­lo­gi­as e home­na­gens

No últi­mo dia 26 de outu­bro , a Embra­pa Gado de Lei­te come­mo­rou 41 anos de fun­da­ção. O even­to ocor­reu na sede da ins­ti­tui­ção, em Juiz de Fora-MG.  Como par­te do even­to foram apre­sen­ta­das novas tec­no­lo­gi­as, ser­vi­ços e pro­ces­sos dire­ci­o­na­dos à cadeia pro­du­ti­va do lei­te. As apre­sen­ta­ções foram:

EAD Lei­te - pla­ta­for­ma de ensi­no a dis­tân­cia vol­ta­das à capa­ci­ta­ção téc­ni­ca pela inter­net. Além das aulas, a pla­ta­for­ma per­mi­te aces­so às publi­ca­ções da Embra­pa via Bibli­o­te­ca Vir­tu­al. Os cur­sos são des­ti­na­dos a exten­si­o­nis­tas, estu­dan­tes e pro­du­to­res. Já estão dis­po­ní­veis três cur­sos: Sila­gem de Capim e Sila­gem de Milho e Sor­go, ambos com tur­mas ini­ci­an­do no pró­xi­mo dia 30, e Amos­tra, Cole­ta e Trans­por­te do Lei­te, que será ofer­ta­do em dezem­bro. O aces­so e a ins­cri­ção são fei­tos pelo site www.ead.cnpgl.embrapa.br.

Equa­ção de pre­di­ção para sele­ção genô­mi­ca — tec­no­lo­gia apli­ca­da na melho­ria dos reba­nhos da raça Giro­lan­do. Além de aumen­tar a pre­ci­são na ava­li­a­ção de ani­mais, ace­le­ra o pro­gres­so gené­ti­co para as carac­te­rís­ti­cas sele­ci­o­na­das. A equa­ção já foi incor­po­ra­da ao Pro­gra­ma de Melho­ra­men­to Gené­ti­co da Raça Giro­lan­do, com lan­ça­men­to do pri­mei­ro Sumá­rio Genô­mi­co de Vacas em 2017. A tec­no­lo­gia está em fase de licen­ci­a­men­to e esta­rá dis­po­ní­vel no mer­ca­do em bre­ve na for­ma de ser­vi­ço ofe­re­ci­do aos cri­a­do­res.

Gis­lei­te­App — apli­ca­ti­vo gra­tui­to para dis­po­si­ti­vos móveis, que se conec­ta com a pla­ta­for­ma do Gis­lei­te — Ges­tão Infor­ma­ti­za­da de Sis­te­mas de Pro­du­ção de Lei­te. O Gis­lei­te­App tor­na mais ágil o regis­tro e o acom­pa­nha­men­to do desem­pe­nho zoo­téc­ni­co rela­ti­vo a repro­du­ção do reba­nho, pro­du­ção de lei­te, movi­men­ta­ção e ven­da de ani­mais da fazen­da. O apli­ca­ti­vo é gra­tui­to e já está dis­po­ní­vel para o sis­te­ma Android na Goo­gle Play Sto­re: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.embrapa.gisleite .

APPLei­te — apli­ca­ti­vo gra­tui­to para dis­po­si­ti­vos móveis, para o sis­te­ma Android, que per­mi­te dis­po­ni­bi­li­zar um con­jun­to de infor­ma­ções téc­ni­cas base­a­das em tra­ba­lhos de pes­qui­sa agro­pe­cuá­ria. Todo con­teú­do dis­po­ní­vel é pro­du­zi­do por espe­ci­a­lis­tas da Embra­pa, uti­li­zan­do lin­gua­gem sim­ples e voca­bu­lá­rio pró­xi­mo ao coti­di­a­no dos pro­du­to­res. Esta­rá dis­po­ní­vel na Goo­gle Play Sto­re em bre­ve.

Cen­so do coo­pe­ra­ti­vis­mo do lei­te – anun­ci­a­da a con­clu­são dos tra­ba­lhos do Cen­so do Coo­pe­ra­ti­vis­mo do Lei­te, uma ini­ci­a­ti­va da Orga­ni­za­ção das Coo­pe­ra­ti­vas Bra­si­lei­ras (OCB) e da Embra­pa visan­do gerar infor­ma­ções para agen­tes econô­mi­cos da cadeia de lác­te­os no Bra­sil. Cen­to e ses­sen­ta coo­pe­ra­ti­vas res­pon­de­ram per­gun­tas sobre temas diver­sos, como carac­te­rís­ti­cas dos coo­pe­ra­dos, cap­ta­ção, polí­ti­cas das coo­pe­ra­ti­vas, qua­li­da­de do lei­te, indus­tri­a­li­za­ção e aspec­tos econô­mi­cos. Este tra­ba­lho atu­a­li­za o per­fil do coo­pe­ra­ti­vis­mo já tra­ça­do em 2002 e abran­geu orga­ni­za­ções que res­pon­dem por um quar­to de todo o lei­te cap­ta­do no Bra­sil. A divul­ga­ção dos resul­ta­dos está pre­vis­ta este ano ain­da.

Régua de mane­jo de pas­ta­gens - ins­tru­men­to sim­ples e de fácil manu­seio, a tec­no­lo­gia tem como obje­ti­vo faci­li­tar a toma­da de deci­são do pro­du­tor rural para melho­rar o apro­vei­ta­men­to das pas­ta­gens. Esta régua con­tém as prin­ci­pais espé­ci­es for­ra­gei­ras uti­li­za­das na Região Sul, estan­do as for­ra­gens de verão em uma das faces e, na outra, as for­ra­gens de inver­no, com as altu­ras de entra­da e saí­da de pas­te­jo e cor­te. Mais infor­ma­ções em https://www.embrapa.br/clima-temperado/busca-de-solucoes-tecnologicas/-/produto-servico/4413/regua-de-manejo-de-pastagens-brs-sul.

Como par­te das come­mo­ra­ções de ani­ver­sá­rio, a ins­ti­tui­ção con­de­co­rou per­so­na­li­da­des do setor como a Meda­lha Mario Luiz Mar­ti­nez. Cri­a­da em 2007 em home­na­gem ao impor­tan­te pes­qui­sa­dor da Embra­pa na área de melho­ra­men­to ani­mal, que dá nome à meda­lha, a hon­ra­ria visa reco­nhe­cer lide­ran­ças que con­tri­bu­em para o setor.

Ganha­ram a meda­lha este ano o pes­qui­sa­dor apo­sen­ta­do da Embra­pa, Wan­der­lei Fer­rei­ra de Sá (Des­ta­que Embra­pa), o pro­fes­sor da Uni­ver­si­da­de Fede­ral de Juiz de Fora, Pau­lo Hen­ri­que Fon­se­ca da Sil­va (Des­ta­que do Sis­te­ma Naci­o­nal de Pes­qui­sa Agro­pe­cuá­ria) e o CEO do Milk­point, Mar­ce­lo Perei­ra de Car­va­lho (Des­ta­que na cadeia pro­du­ti­va).

A ins­ti­tui­ção tam­bém con­ce­deu diplo­mas a duas estu­dan­tes, que divi­di­ram o pri­mei­ro lugar no Workshop do Pro­gra­ma Ins­ti­tu­ci­o­nal de Bol­sas de Ini­ci­a­ção Cien­tí­fi­ca (PIBIC):  Verô­ni­ca Rodri­gues de Cas­tro, pela apre­sen­ta­ção do tra­ba­lho “Par­ti­ção ener­gé­ti­ca em novi­lhas Giro­lan­do com fenó­ti­pos diver­gen­tes para efi­ci­ên­cia ali­men­tar” e Thais Cris­ti­na de Assis Oli­vei­ra, pelo tra­ba­lho “Sus­cep­ti­bi­li­da­de de anti­mi­cro­bi­a­nos de estir­pes de Staphy­lo­coc­cus aureus iso­la­das de lei­te de vacas com mas­ti­te”.

O even­to se encer­rou com a apre­sen­ta­ção do caso de suces­so da star­tup Meu Lei­te (http://meuleite.com.br), uma das fina­lis­tas do con­cur­so de star­tups Ide­as for Milk 2016, e com a apre­sen­ta­ção de pales­tra de Mar­ce­lo Perei­ra Car­va­lho, abor­dan­do a cadeia pro­du­ti­va do lei­te no con­tex­to das novas tec­no­lo­gi­as.

Rolar para cima