fbpx

Con­fi­ra algu­mas repor­ta­gens da edi­ção de Bal­de Bran­co de feve­rei­ro de 2017

Ali­men­ta­ção
Lei­te aci­di­fi­ca­do é alter­na­ti­va na cri­a­ção
Uso da téc­ni­ca res­sur­ge nos Esta­dos Uni­dos, e sua apli­ca­ção no Bra­sil tam­bém des­per­ta inte­res­se, onde pes­qui­sas bus­cam mais dados para as con­di­ções naci­o­nais

Ser­vi­ços
Con­sul­to­ria em gené­ti­ca melho­ra ges­tão
Cen­trais de inse­mi­na­ção ampli­am sua pres­ta­ção de ser­vi­ços para além da sele­ção dos reba­nhos e aju­dam os pro­du­to­res a ava­li­a­rem a admi­nis­tra­ção da fazen­da

Fazen­da
Pro­du­ti­vi­da­de: quan­do é sinal de efi­ci­ên­cia
Den­tro de uma fazen­da lei­tei­ra, os indi­ca­do­res de efi­ci­ên­cia são vari­a­dos, mas o de pro­du­ti­vi­da­de se tor­na refe­rên­cia para afe­ri­ção e desa­fio a ser supe­ra­do de for­ma cons­tan­te

Ori­en­ta­ção
Con­tro­le lei­tei­ro, uma fer­ra­men­ta de ges­tão
Atra­vés dos rela­tó­ri­os gera­dos com o con­tro­le lei­tei­ro, o pro­du­tor pode geren­ci­ar o reba­nho a par­tir de indi­ca­do­res de pro­du­ção, repro­du­ção, nutri­ção, gené­ti­ca, qua­li­da­de do lei­te e bem-estar ani­mal

Ali­men­ta­ção
Fato­res que defi­nem a nutri­ção da vaca lei­tei­ra
Na pecuá­ria de lei­te, a ali­men­ta­ção é o prin­ci­pal cus­to de pro­du­ção. Enten­der a die­ta per­mi­te que se faça um car­dá­pio ade­qua­do, gas­tan­do-se o míni­mo e asse­gu­ran­do bom retor­no da ati­vi­da­de

Mer­ca­do
Lei­te com valor agre­ga­do faz a dife­ren­ça do setor
Entre as novas ten­dên­ci­as da indús­tria de lati­cí­ni­os, ganham des­ta­que os pro­du­tos com valor agre­ga­do, um seg­men­to
que con­quis­ta cada vez mais con­su­mi­do­res

Rolar para cima