Pri­mei­ros epi­só­di­os do canal, dis­po­ní­vel gra­tui­ta­men­te, tra­tam da tri­pa­no­so­mo­se e do con­tro­le dos car­ra­pa­tos, pro­ble­mas gra­ves que atin­gem as fazen­das pecuá­ri­as de todo o país

Ceva Saúde Animal lança podcast sobre saúde dos bovinos

A Ceva Saú­de Ani­mal, uma das cin­co mai­o­res indús­tri­as vete­ri­ná­ri­as do mun­do, está lan­çan­do o Ceva­Cast Pecuá­ria, seu pri­mei­ro pod­cast. O obje­ti­vo des­sa nova fer­ra­men­ta de comu­ni­ca­ção é dis­se­mi­nar infor­ma­ções de qua­li­da­de sobre saú­de e bem-estar na cri­a­ção de bovi­nos. O pro­gra­ma está dis­po­ní­vel gra­tui­ta­men­te no Spo­tify, Dee­zer, Goo­gle Pod­casts e outras pla­ta­for­mas. Os pri­mei­ros epi­só­di­os já estão no ar.

O pod­cast é um con­teú­do em áudio, dis­po­ni­bi­li­za­do em pla­ta­for­mas de stre­a­ming – que per­mi­tem trans­mis­são onli­ne, geral­men­te a par­tir de apli­ca­ti­vos para smartpho­nes. Esse mate­ri­al é divi­di­do em epi­só­di­os e pode ser aces­sa­do a qual­quer momen­to, por qual­quer pes­soa. No pod­cast de pecuá­ria, estão dis­po­ní­veis as séri­es “Enten­den­do a tri­pa­no­so­mo­se” e “Con­tro­le do car­ra­pa­to”.

“O pro­je­to do Ceva­Cast nas­ceu da neces­si­da­de de for­ta­le­cer ain­da mais nos­sa comu­ni­ca­ção com os pecu­a­ris­tas, levan­do a eles infor­ma­ções téc­ni­cas de qua­li­da­de”, afir­ma o dire­tor da Uni­da­de de Negó­ci­os de Pecuá­ria da Ceva, Mar­ce­lo Fer­rei­ra. “Ain­da novo, mas cada vez mais rele­van­te, o pod­cast per­mi­te o con­su­mo de con­teú­do de manei­ra rápi­da, fácil e gra­tui­ta”.

De acor­do com a geren­te de mar­ke­ting da Uni­da­de de Pecuá­ria, Fer­nan­da Vis­ci­o­ne, a pla­ta­for­ma de pod­casts adap­ta-se mui­to bem ao coti­di­a­no atu­al. “Com essa fer­ra­men­ta, o usuá­rio tem poder de esco­lha do con­teú­do e con­tro­la o modo de repro­du­ção, ace­le­ra a velo­ci­da­de, rea­li­za pau­sas, vol­ta na infor­ma­ção e, prin­ci­pal­men­te, ouve quan­do qui­ser. Essa é uma ten­dên­cia do mun­do moder­no e conec­ta­do”, afir­ma Fer­nan­da.

A pri­mei­ra série do “Ceva­Cast Pecuá­ria” já está no ar. Em cin­co epi­só­di­os, o geren­te téc­ni­co de bovi­nos, Mar­cos Malac­co (foto), fala sobre a tri­pa­no­so­mo­se bovi­na. A doen­ça é cau­sa­da por um pro­to­zoá­rio e é mui­to seve­ra: os ani­mais infec­ta­dos têm per­da de pro­du­ção e podem ter impor­tan­tes órgãos afe­ta­dos, o que com­pro­me­te o meta­bo­lis­mo geral e a vida, de acor­do com o Médi­co Vete­ri­ná­rio. 

“A tri­pa­nos­so­mo­se está pre­sen­te no Bra­sil há vári­as déca­das sen­do ini­ci­al­men­te noti­fi­ca­da nos anos de 1940. Atu­al­men­te ocor­re em todas as regiões do país. Estu­dos indi­cam que a doen­ça pode redu­zir em até 50% o poten­ci­al de pro­du­ção de lei­te e ganho de peso dos bovi­nos. Além dis­so, pode haver com­pro­me­ti­men­to da efi­ci­ên­cia repro­du­ti­va em fême­as e machos. Agen­te cau­sa­dor da doen­ça em bovi­nos, o Try­pa­no­so­ma vivax tam­bém pode deter­mi­nar que­da da imu­ni­da­de geral nos ani­mais afe­ta­dos e isso pode con­tri­buir para a ocor­rên­cia de comor­bi­da­des”, infor­ma o geren­te téc­ni­co. 

A pri­mei­ra série de epi­só­di­os foi pro­du­zi­da para ofe­re­cer uma sequên­cia lógi­ca sobre o tema, apre­sen­tan­do a doen­ça, seus sinais clí­ni­cos, diag­nós­ti­co, tra­ta­men­to e, por fim, for­mas de pre­ven­ção, em for­ma­to seme­lhan­te a pro­gra­mas de rádio. Pes­qui­sas indi­cam que cer­ca de 40% dos inter­nau­tas bra­si­lei­ros são ouvin­tes dos mais de 2 mil canais ati­vos de pod­casts, o que tor­na o país o segun­do mai­or con­su­mi­dor des­se for­ma­to no mun­do, atrás dos Esta­dos Uni­dos.

Fon­te: Asses­so­ria de Comu­ni­ca­ção da Ceva Saú­de Ani­mal

Rolar para cima