Casale lança a Totalmix SC - Balde Branco

Novo equi­pa­men­to pro­ces­sa até 5,6 tone­la­das de ração para o gado, ado­tan­do téc­ni­cas que via­bi­li­zam uma mai­or sus­ten­ta­bi­li­da­de na pro­du­ção bovina

 
 

Casale lança a Totalmix SC, misturadora de ração total que promete impulsionar a adoção de tecnologia no campo 

Uma dis­tri­bui­do­ra e mis­tu­ra­do­ra de ração deve apoi­ar subs­tan­ci­al­men­te o avan­ço das téc­ni­cas de nutri­ção bovi­na no Bra­sil. Esta é a apos­ta da Casa­le Equi­pa­men­tos, uma das mai­o­res no seg­men­to da Amé­ri­ca Lati­na, que lan­ça, nes­ta sex­ta-fei­ra (10), a Total­mix SC, mis­tu­ra­do­ra de ração que é a mais avan­ça­da na categoria. 

O uso da máqui­na per­mi­te que o pro­du­tor ado­te téc­ni­cas de pro­du­ção ani­mal que via­bi­li­zam mai­or sus­ten­ta­bi­li­da­de para a cadeia, deman­da cres­cen­te no agro­ne­gó­cio mun­di­al. Ao redu­zir o ciclo até a engor­da dos ani­mais, é pos­sí­vel pro­du­zir mais ani­mais em menos tem­po e em menor área, e até mes­mo redu­zir a emis­são de gases de efei­to estu­fa, ao uti­li­zar ali­men­tos de mai­or qua­li­da­de e digestibilidade.. 

A novi­da­de che­ga ao mer­ca­do com três ver­sões, com capa­ci­da­des máxi­mas de mis­tu­ra de ração de 2,8 tone­la­das, 4,5 e 5,6 tone­la­das para o tra­to de bovi­nos, seja para inten­si­fi­ca­ção da pro­du­ção em pas­to ou em con­fi­na­men­to, con­fe­rin­do agi­li­da­de e efi­ci­ên­cia no tra­to dos animais.

Desen­vol­vi­do pelo time de enge­nha­ria da empre­sa de São Car­los, que des­de 1984 é uma refe­rên­cia inter­na­ci­o­nal na fabri­ca­ção de mis­tu­ra­do­res de ração, a Total­mix SC (semi­con­fi­na­men­to)  che­ga para oti­mi­zar ain­da mais a pro­du­ti­vi­da­de do ciclo com­ple­to da pecuá­ria. O que em con­di­ções nor­mais pode levar meta­de do dia de tra­ba­lho para entre­gar um ali­men­to de qua­li­da­de para os ani­mais, com a nova tec­no­lo­gia o tem­po de espe­ra pode ser redu­zi­do para uma hora. Deve­mos con­si­de­rar que o tem­po de dis­tri­bui­ção está dire­ta­men­te rela­ci­o­na­do à logís­ti­ca e as dis­tân­ci­as para o tra­to de cada pro­pri­e­da­de, assim como a capa­ci­da­de máxi­ma de mis­tu­ra, é rela­ci­o­na­da aos tipos de ingre­di­en­tes da dieta.

“Além da caçam­ba cons­truí­da em 100% inox, o sis­te­ma de roda­gem da máqui­na é pro­je­ta­do para tra­ba­lhar em ter­re­nos irre­gu­la­res e perío­do das águas, rea­li­da­de pre­sen­te em mui­tas fazen­das pro­du­to­ras de car­ne bovi­na no Bra­sil”, expli­ca Adri­a­no Men­don­ça, geren­te de enge­nha­ria de pro­du­tos da Casa­le. “Além dis­so, o chu­pim com dire­ci­o­na­men­to para des­car­ga do mate­ri­al, além do supor­te de estei­ra do mis­tu­ra­dor, faz com que a Total­mix SC seja bas­tan­te fle­xí­vel, poden­do ser uti­li­za­da tan­to no pas­to quan­to no confinamento”.

Outro des­ta­que é o efi­ci­en­te con­tro­le e pre­ci­são na pesa­gem de ração, faci­li­tan­do a vida do pecu­a­ris­ta que pre­ci­sa geren­ci­ar a ali­men­ta­ção de cen­te­nas ou milha­res de cabe­ças de gado em um ambi­en­te no qual o con­tro­le dis­so se tra­ta de uma tare­fa complexa.

“Todo novo desen­vol­vi­men­to deve solu­ci­o­nar uma dor sofri­da pelo pro­du­tor”, afir­ma Jaque­li­ne Casa­le, zoo­tec­nis­ta e dire­to­ra comer­ci­al da empre­sa. “Duran­te  o desen­vol­vi­men­to des­ta solu­ção, o nos­so foco foi prin­ci­pal­men­te aumen­tar a ren­ta­bi­li­da­de do pro­du­tor, atra­vés de faci­li­da­de e con­tro­le sob o tra­to, e a pro­du­ção de ani­mais mais pre­co­ces e de qualidade”.

Fon­te: Casale