EM DESTAQUE

EDIÇÃO DO MÊS

Concentrado estratégias para reduzir o custo desse alimento

Na ati­vi­da­de lei­tei­ra, como em qual­quer outra, nem sem­pre o óti­mo pro­du­ti­vo equi­va­le ao óti­mo econô­mi­co. Mais impor­tan­te do que maxi­mi­zar a pro­du­ti­vi­da­de ´por ani­mal e aumen­tar o volu­me de lei­te pro­du­zi­do é ganhar mais dinhei­ro com a ati­vi­da­de, o que não neces­sa­ri­a­men­te sig­ni­fi­ca alcan­çar níveis de pro­du­ção mais ele­va­dos.

Cuidados com o equipamento não podem ter falhas

ORDE­NHA­DEI­RAS — REPOR­TA­GEM DE LUIZ H. PITOM­BO
Esti­­ma-se que exis­tam no País per­to de 40 empre­sas esta­be­le­ci­das e com real estru­tu­ra de fabri­ca­ção de sis­te­mas de orde­nha, das quais de 10 a 15 pos­su­em redes naci­o­nais e uma assis­tên­cia pós-ven­­da atu­an­te, estan­do aí inclu­sas empre­sas mul­ti­na­ci­o­nais e bra­si­lei­ras que tam­bém expor­tam.
O supor­te ao pro­du­tor e uma boa manu­ten­ção pre­ven­ti­va são fato­res dos mais rele­van­tes

Hoje, a única certeza é que as pessoas precisam de alimentos seguros e de qualidade

ENTRE­VIS­TA — ROBER­TA MARA ZÜGE
A Médi­ca Vete­ri­ná­ria, mes­tre e dou­to­ra, des­de 2002 come­çou a se dedi­car a pro­je­tos de desen­vol­vi­men­to e ino­va­ção no setor agro­pe­cuá­rio. Den­tre eles, atu­ou na coor­de­na­ção das nor­mas para cer­ti­fi­ca­ção de lei­te, pro­je­tos para estru­tu­ra­ção de labo­­ra­­tó­­ri­os-refe­­rên­­cia em ban­cos de ger­mo­plas­ma e pro­gra­mas de inte­li­gên­cia arti­fi­ci­al apli­ca­dos ao agro­ne­gó­cio, entre outras ini­ci­a­ti­vas

A busca por mais leite por área e rentabilidade

SAN­TA CATA­RI­NA — REPOR­TA­GEM DE ERICK HEN­RI­QUE
Trans­pi­ra­ção, deter­mi­na­ção e bons resul­ta­dos mar­cam a tra­je­tó­ria da bovi­no­cul­tu­ra lei­tei­ra cata­ri­nen­se nos últi­mos 15 anos. Bas­ta ana­li­sar o Cen­so Agro­pe­cuá­rio divul­ga­do pelo Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Geo­gra­fia e Esta­tís­ti­ca (IBGE), o qual mos­tra que San­ta Cata­ri­na aumen­tou em 82% a sua capa­ci­da­de pro­du­ti­va, sal­tan­do de 1,7 bilhão de litros para 3,1 bilhões entre 2006 e 2016, figu­ran­do entre os cin­co mai­o­res pro­du­to­res de lei­te do Bra­sil (MG, RS, PR, SC e Goiás)

Checklist da pecuária saudável — Parte 2

BIOS­SE­GU­RI­DA­DE — POR LUI­ZA MAHIA
Intro­du­zir medi­das de bios­se­gu­ri­da­de nas pro­pri­e­da­des lei­tei­ras sig­ni­fi­ca pro­te­ger o reba­nho e todo o seu o seu inves­ti­men­to no sis­te­ma de cri­a­ção. As medi­das de bios­se­gu­ri­da­de, como já foi dito na pri­mei­ra par­te des­ta série de duas repor­ta­gens, são prá­ti­cas de mane­jo ado­ta­das como o obje­ti­vo de redu­zir a dis­se­mi­na­ção de enfer­mi­da­des que pos­sam afe­tar

Tristeza Parasitária Bovina

SANI­DA­DE — POR THALLY­SON THAL­LES TEO­DO­RO DE OLI­VEI­RA E JOSÉ ZAM­BRA­NO
A tris­te­za para­si­tá­ria bovi­na (TPB) é uma das doen­ças mais comuns na pecuá­ria bra­si­lei­ra. Além da sua pre­va­lên­cia alta, ela acar­re­ta uma série de pre­juí­zos econô­mi­cos, como que­da na pro­du­ção dos ani­mais, gas­tos com tra­ta­men­tos dos bovi­nos aco­me­ti­dos, com a pre­ven­ção de novos casos e mor­ta­li­da­de.

Concentrado estratégias para reduzir o custo desse alimento

Na ati­vi­da­de lei­tei­ra, como em qual­quer outra, nem sem­pre o óti­mo pro­du­ti­vo equi­va­le ao óti­mo econô­mi­co. Mais impor­tan­te do que maxi­mi­zar a pro­du­ti­vi­da­de ´por ani­mal e aumen­tar o volu­me de lei­te pro­du­zi­do é ganhar mais dinhei­ro com a ati­vi­da­de, o que não neces­sa­ri­a­men­te sig­ni­fi­ca alcan­çar níveis de pro­du­ção mais ele­va­dos.

Cuidados com o equipamento não podem ter falhas

ORDE­NHA­DEI­RAS — REPOR­TA­GEM DE LUIZ H. PITOM­BO
Esti­­ma-se que exis­tam no País per­to de 40 empre­sas esta­be­le­ci­das e com real estru­tu­ra de fabri­ca­ção de sis­te­mas de orde­nha, das quais de 10 a 15 pos­su­em redes naci­o­nais e uma assis­tên­cia pós-ven­­da atu­an­te, estan­do aí inclu­sas empre­sas mul­ti­na­ci­o­nais e bra­si­lei­ras que tam­bém expor­tam.
O supor­te ao pro­du­tor e uma boa manu­ten­ção pre­ven­ti­va são fato­res dos mais rele­van­tes

Hoje, a única certeza é que as pessoas precisam de alimentos seguros e de qualidade

ENTRE­VIS­TA — ROBER­TA MARA ZÜGE
A Médi­ca Vete­ri­ná­ria, mes­tre e dou­to­ra, des­de 2002 come­çou a se dedi­car a pro­je­tos de desen­vol­vi­men­to e ino­va­ção no setor agro­pe­cuá­rio. Den­tre eles, atu­ou na coor­de­na­ção das nor­mas para cer­ti­fi­ca­ção de lei­te, pro­je­tos para estru­tu­ra­ção de labo­­ra­­tó­­ri­os-refe­­rên­­cia em ban­cos de ger­mo­plas­ma e pro­gra­mas de inte­li­gên­cia arti­fi­ci­al apli­ca­dos ao agro­ne­gó­cio, entre outras ini­ci­a­ti­vas

A busca por mais leite por área e rentabilidade

SAN­TA CATA­RI­NA — REPOR­TA­GEM DE ERICK HEN­RI­QUE
Trans­pi­ra­ção, deter­mi­na­ção e bons resul­ta­dos mar­cam a tra­je­tó­ria da bovi­no­cul­tu­ra lei­tei­ra cata­ri­nen­se nos últi­mos 15 anos. Bas­ta ana­li­sar o Cen­so Agro­pe­cuá­rio divul­ga­do pelo Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Geo­gra­fia e Esta­tís­ti­ca (IBGE), o qual mos­tra que San­ta Cata­ri­na aumen­tou em 82% a sua capa­ci­da­de pro­du­ti­va, sal­tan­do de 1,7 bilhão de litros para 3,1 bilhões entre 2006 e 2016, figu­ran­do entre os cin­co mai­o­res pro­du­to­res de lei­te do Bra­sil (MG, RS, PR, SC e Goiás)

Checklist da pecuária saudável — Parte 2

BIOS­SE­GU­RI­DA­DE — POR LUI­ZA MAHIA
Intro­du­zir medi­das de bios­se­gu­ri­da­de nas pro­pri­e­da­des lei­tei­ras sig­ni­fi­ca pro­te­ger o reba­nho e todo o seu o seu inves­ti­men­to no sis­te­ma de cri­a­ção. As medi­das de bios­se­gu­ri­da­de, como já foi dito na pri­mei­ra par­te des­ta série de duas repor­ta­gens, são prá­ti­cas de mane­jo ado­ta­das como o obje­ti­vo de redu­zir a dis­se­mi­na­ção de enfer­mi­da­des que pos­sam afe­tar

Tristeza Parasitária Bovina

SANI­DA­DE — POR THALLY­SON THAL­LES TEO­DO­RO DE OLI­VEI­RA E JOSÉ ZAM­BRA­NO
A tris­te­za para­si­tá­ria bovi­na (TPB) é uma das doen­ças mais comuns na pecuá­ria bra­si­lei­ra. Além da sua pre­va­lên­cia alta, ela acar­re­ta uma série de pre­juí­zos econô­mi­cos, como que­da na pro­du­ção dos ani­mais, gas­tos com tra­ta­men­tos dos bovi­nos aco­me­ti­dos, com a pre­ven­ção de novos casos e mor­ta­li­da­de.

TV BALDE BRANCO

Pes­qui­sa­dor da Embra­pa Gado de Lei­te apon­ta alg­mas téc­ni­cas de bios­se­gu­ri­da­de para as fazen­das lei­tei­ras 

 Már­cio Nery apre­sen­ta o Rela­tó­rio Index-Asbia muni­ci­pa­li­za­do

      Ren­ne Gra­na­to, geren­te de pro­du­ção ani­mal da Cotri­jal, mos­tra solu­ções para a cadeia do lei­te

PODCAST BALDE BRANCO

 Crô­ni­ca da últi­ma pági­na — Uau! Uma epo­peia

          Melho­ra­men­to gené­ti­co — raças lei­tei­ras

                Sai­ba mais sobre o capim-capi­a­çu

COLUNISTAS

Natália Grigol

Pes­qui­sa­do­ra do CEPEA

Paulo do Carmo

Che­fe geral da Embra­pa Gado de Lei­te

Pedro Arcuri

Pes­qui­sa­dor da Embra­pa Gado de Lei­te

Rafael Ribeiro

Zoo­tec­nis­ta, msc. Scot Con­sul­to­ria

Siga-nos no Instagram

Something is wrong.
Ins­ta­gram token error.
Rolar para cima