Novas empresas neozelandesas estão chegando

  • 8 de agosto de 2017
Novas empresas neozelandesas estão chegando

Agência neozelandesa anunciará, durante a Agroleite, a chegada de novas empresas de agro ao país, incluindo para o gado de leite  

Empresas neozelandesas com soluções concebidas para aumentar a eficiência e a produtividade no campo serão apresentadas durante o Agroleite 2017, evento a ser realizado de 15 a 19 de agosto, em Castro-PR. A ação conta com o suporte da New Zealand Trade & Enterprise (NZTE), agência para o desenvolvimento do comércio internacional da Nova Zelândia, Gallagher (soluções para gestão animal) e Milkbar (fornecedora de alimentadores de bezerros).

De acordo com Nick Swallow, Comissário de Comércio da Nova Zelândia para o Brasil, as perspectivas de negócio entre os dois países seguem positivas. “Temos observado um cenário de grandes oportunidades. A demanda crescente do agronegócio brasileiro por soluções que melhorem a eficiência de seus processos vem ao encontro das ofertas neozelandesas para o setor, o que justifica a chegada de novos players”, explica.

A leitura do cenário econômico local como suporte para as empresas que desejam investir no Brasil também é papel da New Zealand Trade & Enterprise, que responde pela chegada, ao solo nacional, de mais de 70 empresas neozelandesas – dos mais diversos setores.

Considerado o melhor país do mundo para se fazer negócios (Doing Business Report 2017, Banco Mundial), a Nova Zelândia é hoje o maior exportador mundial de laticínios e carne ovina do mundo, além de importante provedor de carne bovina, lã, kiwi, maçãs e frutos do mar. A nação de 4,5 milhões de habitantes alimenta mais de 40 milhões de pessoas em 100 países, destinando ao mercado externo cerca de 80% dos alimentos que produz.

Além de Gallagher, NZ Pump e Zelandia, também participam da Agroleite as empresas LIC, por meio de seu distribuidor Gensur (empresa de melhoramento genético da Nova Zelândia), PGW Sementes (empresa de sementes forrageiras temperadas do Hemisfério Sul), Simcro (fornecimento de dispositivos para aplicação de medicamentos para a indústria veterinária) e TruTest (fabricante de balanças eletrônicas para animais, leitores de identificação eletrônica e em equipamentos para medição de leite).

O portfólio de empresas da Nova Zelândia que atuam no país para os setores de agronegócios, alimentos e bebidas inclui ainda provedores de tecnologias para o processamento de alimentos – manuseio, carga e descarga de materiais a granel, refrigeração, automação industrial – e softwares de gestão.