Liberada a importação de leite do Uruguai

  • 8 de novembro de 2017
Liberada a importação de leite do Uruguai

Após suspender as importações de leite em pó do Uruguai por quase um mês, o Ministério da Agricultura decidiu retirar a restrição

De acordo com o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Luís Eduardo Rangel, desde 8 de novembro estão suspensas as restrições que envolviam as importações de leite em pó do Uruguai. A decisão foi autorizada pelo presidente Michel Temer e foi tomada após uma auditoria in loco no Uruguai, feita por fiscais do Mapa, que não encontraram indícios de triangulação entre o leite do vizinho sul-americano com outros países, como a Argentina ou Nova Zelândia, como suspeitavam produtores brasileiros.

A suspensão a emissão de toda e qualquer guia de importação do leite proveniente do país vizinho foi anunciada por Blairo Maggi após intensa pressão da bancada ruralista do Congresso e de várias entidades de produtores como a CNA-Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, a OCB-Organização das Cooperativas do Brasil e da Abraleite, que alegavam da falta de controle na entrada do leite uruguaio nos portos brasileiros.

O episódio, no entanto, chegou a causar mal-estar com o Itamaraty, após o presidente do Uruguai, Tabaré Vásquez, ter se queixando com Temer por telefone. Temer também ficou constrangido com a situação, já que o Brasil é o atual presidente do Mercosul, como declarou o próprio ministro Blairo Maggi há algumas semanas. “O presidente Michel Temer já autorizou a retomada. Vamos comunicar o Uruguai oficialmente amanhã”, disse Rangel ao jornal Valor Econômico.

O secretário também informou que a expectativa é que as importações sejam restabelecidas ao longo desta semana. E acrescentou que o “baixo fluxo de importação” de leite uruguaio nos últimos meses também determinou para que o Ministério da Agricultura decidisse pela retomada das compras do produto. As exportações de leite do Uruguai ao Brasil ultrapassaram as 40 mil ts no primeiro semestre deste ano, segundo jornal.